O filme de Woody Allen  Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos (You Will Meet a Tall Dark Stranger, no original) foi rodado em Londres, mas poderia se passar em qualquer cidade ocidental. Aborda a necessidade do ser humano de controlar o futuro. Nem que seja através de previsões não confiáveis. 
Temas recorrentes
O foco do filme é o relacionamento amoroso – tema bastante caro ao diretor. A marca autoral está lá: roteiro impecável, humor crítico e inteligente (ainda que se repita), ótimos atores. No elenco, Anthony Hopkins, Naomi Watts, Antonio Banderas e os não tão famosos Josh Brolin e a bela Freida Pinto – conhecida por nós pelo filme Quem quer ser um milionário?. Ah e Lucy Punch – a inacreditável Charmaine. Outro tema que marca a filmografia de Allen brincar com esotéricos (videntes, cartomantes…) ou religiosos, de uma forma geral. Em Tudo pode dar certo, desancou os católicos. Neste, brinca com uma sessão mediúnica. Justiça seja feita, não poupa também sua tradição judaica. Não se engane: qualquer personagem místico ou qualquer toque ‘sobrenatural’ (como em Match Point) não revela um novo Allen – é apenas mais uma oportunidade para fazer humor. Desta vez, a piada começa pelo título, inspirada na fala ‘padrão’ de videntes, cartomantes e que tais. Helena (interpretada por Gemma Jones), recém-divorciada após 40 anos de casamento com Alfie (Anthony Hopkins) busca uma cartomante. A angustiada dona de casa quer saber que rumo dar à sua vida após o divórcio, recorrendo à previsão do seu futuro – e o de  sua filha (Naomi Watts). Ao abordar mais uma vez os relacionamentos amorosos, com suas (des)ilusões, Allen retrata o tédio que pode se instalar em um casamento, mesmo os mais recentes. Brinca com a ilusão de que ao se trocar um relacionamento antigo por um novo consegue-se driblar o tempo e a decadência física. Ou resolver situações como frustração profissional.
Finitude
Allen revisita o pânico diante do envelhecimento e da morte. Em Você vai conhecer… , mais uma vez é o homem, Alfie (Hopkins), que se recusa a aceitar a dura verdade da vida. O principal motivo de seu divórcio é que não suportava ouvir sua mulher constantemente repetindo a verdade que tanto o apavorava. Após a separação, Alfie se empenha para se tornar atraente para as mulheres mas, em vão, tenta se aproximar de mulheres diferentes da sua ex-esposa. Com grande dificuldade de voltar ao ‘mercado’ de solteiros, resolve se casar com uma jovem prostituta, Charmaine. Qualquer pessoa seria capaz de ver que não daria certo, ao conhecer Charmaine. Mas, não adianta, não é mesmo? Todos já vimos este filme, na vida real, inclusive. Há bons momentos, mas não pode sequer constar da lista dos melhores filmes do diretor americano.
Uma das histórias que se entrelaça com a de Alfie é a de Roy, seu genro, escritor em crise, cujo último trabalho é rejeitado. O seu fracasso profissional detona uma crise no seu casamento e Roy vive de ilusão. Incapaz de equilibrar o orçamento, conta com a ajuda da sogra, Helena, que se acha no direito de palpitar no relacionamento dos dois, além de se queixar compulsivamente da vida. O problema é que sempre se espera demais de Woody Allen, pelo conjunto da obra. Talvez, exatamente como nos relacionamentos amorosos, o problema seja exatamente este: excesso de expectativa. Mas, vale conferir! Thays Babo (CRP 05/23827) é psicóloga clínica, Mestre pela Puc-Rio, com formação em TCC pelo CPAF-RIO, extensão em Terapia de Aceitação e Compromisso pelo IPq (USP) e em formação em Terapia do Esquema. Atendo a jovens e adultos em psicoterapia individual, terapia de casal e pré-matrimonial.
Como prever o futuro?

2 ideias sobre “Como prever o futuro?

  • 13/12/2010 em 16:24
    Permalink

    Thays, um pequeno lembrete para fazer justiça a Paulline Collins ( a cartomante ) que fez a inesquecivel Shirley
    Valentine.

  • 13/12/2010 em 16:24
    Permalink

    é mesmo, Henrique… bem que eu sabia que a conhecia, mas não sabia de onde. Foi na Grécia… rsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.