Dia dos Namorados – e você, como está?

Dia dos Namorados – e você, como está?

Dia dos Namorados é mais uma data no calendário. Passa. Mas como você fica com sua proximidade? O que pensa sobre você e sua vida amorosa? Vamos falar sobre isto?

A Terapia de Casal no cinema

A Terapia de Casal no cinema

As representações do tratamento psicoterápico no cinema ou televisão muitas vezes não são nada realistas. Pelo contrário, muitas vezes a sessão é usada como recurso de humor, reforçando alguns estereótipos e fantasias. Assista a estes dois exemplos de filmes americanos que usam cenas de terapia de casal no enredo. E se lembrar de mais algum, comente aqui!

Nem todo amor dito romântico é amor de verdade

Nem todo amor dito romântico é amor de verdade

O amor romântico, que é bem recente, em termos históricos, domina o imaginário ocidental. Seus ideais, inatingíveis para a maioria das pessoas, podem causar mais problemas do que satisfação. É importante aprender a reconhecê-los, para não necessariamente alimentá-los. E isto não significa tirar a delicadeza, companheirismo e o cuidado dos relacionamentos amorosos. Entenda melhor o que é o amor romântico e como estamos com tanto medo de ficarmos sós, em nossa própria companhia.

Encarando a vida nos olhos

Encarando a vida nos olhos

Ricardo Darín arrasa, mais uma vez, neste filme que traz reflexões filosóficas. , tornando palatável um tema super difícil, como a finitude. Neste filme, podemos encarar nossa própria existência e terminalidade, com doses de bom humor para dissolver a tensão do assunto.

Namoro de verdade? Ou ilusão?

Não quero parecer antirromântica mas a proximidade do Dia dos Namorados, mais uma vez gera uma pressão sobre quem está sem alguém com quem comemorar. Também há a pressão das campanhas bonitinhas que entram no ar, atrelando o consumo à